Positivity

on what really makes sense in life
Que não me falte amor ,esperança ,paz, saúde e perseverança.Que nada seja capaz de me tornar uma pessoa infeliz.Que tudo que for bom,chegue e fique,o que não for de me acrescentar que suma de uma vez por todas da minha vida.Colecionadora de sonhos, faço tudo torna-se realidade através deles,não permito que coisas e pessoas negativas me aflijam.Sou blindada pela positividade e tenho Deus como escudo.
Bonito mesmo é um abraço inesperado, um beijo roubado, um sorriso sincero, uma lágrima de felicidade. Bonito mesmo é o sentimento verdadeiro, o sentir-se perto mesmo estando longe. É se doar sem querer nada em troca, é pensar que a vida é mais do que um dia triste ou uma noite de pesadelos.
Pedro Bial. (via romantizes)

Parece que quando a gente fica triste, os motivos de choro que já foram embora voltam pra rir um pouco da gente. Talvez algum dia isso faça sentido. Ou não. Sei lá. Olho pro céu. Ah, Deus, eu não consigo entender. Me ajude, pelo menos, a saber lidar.
A menina e o violão.   (via esplandecer)

Sabe aquela menina sentada ali? Com um olhar desconfiado, tão inocente. Eu já fui doente naquela mulher, eu sei que agora ela deve tá olhando de lá, tão sem graça, vendo o presente e o passado conversando de um assunto, ela já sabe qual é. Esse é meu único aviso, se ela quis ficar contigo faça ela feliz, faça ela feliz, cuida bem dela você não vai conhecer alguém melhor que ela, promete pra mim o que você jurar pra ela, você vai cumprir, cuida bem dela. Ela gosta que repare no cabelo dela, foi por um triz. Mas fui incapaz de ser o que ela sempre quis, faça ela feliz.
Henrique e Juliano. (via romantizes)



Um ombro amigo que entenda minhas dores e não me julgue por senti-las. Alguém que ao invés de perguntar o por que de minhas lagrimas, me abrace.
escritos de um garoto.     (via esplandecer)

Te cuida, dissera ele. E eu ouvi como se fosse um te amo. Meses depois, terminado o namoro sem beijos de despedida, saio do carro trancando o choro, ainda que o rompimento tenha sido resolvido de comum acordo. Abro a porta e já estou com uma perna pra fora quando ouço, sem nenhuma aflição por mim, apenas consciência de que não teríamos mais notícias um do outro: te cuida. Me cuidei. Só chorei quando já estava dentro do elevador.
Martha Medeiros. (via sertanejo)